Enquadramento

A agricultura é um setor de grande importância no nosso País e quer a evolução tecnológica quer a preocupação com as questões ambientais têm vindo a aumentar no setor, levando à necessidade de adoção de práticas cada vez mais eficientes e sustentáveis.Neste sentido, o intercâmbio de conhecimentos entre produtores, empresas e unidades de investigação é essencial. As problemáticas dos resíduos de plásticos agrícolas e da elevada taxa de consumo de recursos hídricos associada à agricultura conduzem à necessidade de utilização de tecnologias apropriadas à monitorização e gestão dos recursos.

O Projeto FilmAgRega

O Projeto FilmAgRega nasce do consórcio entre a EPCA®, o Instituto Superior de Agronomia, a Agromais, a Agrotejo, e a Consulai, reunindo valências técnico-científicas para a concretização do projeto que visa avaliar as vantagens e desvantagens de duas modalidades de rega (superficial e subterrânea) e duas modalidades de filmes de cobertura (convencional e biodegradável) de modo a avaliar a melhor relação custo-eficiência para as culturas do Pimento e do Tomate. A ação, financiada pelo Programa Proder, no âmbito da Medida 4.1-Cooperação para a inovação,  tem lugar no perímetro de rega do Alqueva e o objetivo será selecionar qual a combinação de modalidades que levará a uma maior eficiência do uso da água de rega, contribuindo para uma agricultura mais sustentável e com menores impactes ambientais, preservando o rendimento da cultura. O Consórcio viu a sua candidatura aprovada em Dezembro de 2014 e os ensaios à escala real tiveram início no mês de Abril de 2015.